Sem categoria

me escreve dizendo
preciso te ver
andei pensando tanta coisa
olha…
tudo é tão diferente
me conversa
fala do tempo
das cores
dos precipícios
o que sai da sua boca
toca minha nuca
como se abrissem caminhos
como se lançassem sementes
do outro lado
o sol aquarela no horizonte
um abraço sorrindo
te vejo na curva

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s