bilhete de viagem

tenho total certeza
que pode ser bacana
experimentar marijuana
em seguida
pegar um ônibus
feito caravana

enxergar miragens
misturar paisagens
da caatinga
das savanas
das matas ainda virgens
com as praias de Havana

passar por várias lombras
e em horas
viajar semanas
sem sequer
sair da poltrona

que viagem
uma viagem
dentro de outra viagem

 

 

*poesia conjunta: eu e Luiz.

Padrão

extraterrestre

a nave pousou sobre o fervente chão
projetou suas pernas longas frias metálicas
saíram de suas frestas
luzes verde neon
informação demais para minha vista astigmática
o extraterrestre estendeu as mãos para o alto
muito mais alto que várias de mim empilhadas
quis buscar outro mundo
para colocar dentro desse
mas desistiu
pesou mais do que a própria cabeça
aproveitou para pichar em cada estrela
para que todos os humanos enxergassem:
que vida é essa?
que mundo é esse?
amem as mulheres
e foi embora
com os dedos melados de tinta neon vermelha.

Padrão